Fale conosco pelo WhatsApp

Cirurgia de quadril: recuperação

imagem de uma consulta médica
Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)
Por: Publicado em 05/05/2022

Recuperação da cirurgia do quadril demanda cuidados diversos no pós-operatório, especialmente no que diz respeito à mobilidade do paciente nas primeiras semanas

A recuperação da cirurgia de quadril demanda diversos cuidados no pós-operatório que vão influenciar diretamente os resultados do tratamento e minimizar as chances de complicações pós-cirúrgicas.

Na cirurgia de quadril, também chamada de artroplastia, a articulação danificada é substituída, parcial ou totalmente, por prótese, que pode unir elementos metálicos, cerâmicos ou plásticos.

O principal objetivo é melhorar a qualidade de vida do paciente proporcionando alívio das dores e maior mobilidade. Por conta disso, os cuidados durante a recuperação da cirurgia de quadril são fundamentais nos resultados de longo prazo do tratamento. Saiba mais a seguir.

Quais os principais cuidados na recuperação da cirurgia de quadril?

As orientações pós-operatórias para recuperação da cirurgia de quadril devem sempre ser informadas pela equipe médica responsável antes da alta hospitalar, uma vez que as recomendações vão considerar as especificidades do caso.

Ainda assim, é importante que o paciente tenha informação sobre alguns dos cuidados da recuperação da cirurgia de quadril, especialmente no que diz respeito à retomada dos movimentos nas primeiras semanas.

Movimentos

Um dos fatores críticos da recuperação da cirurgia de quadril é quanto à mobilidade do paciente, sendo fundamental conhecer as orientações para cada situação.

Deitar-se

Ao se deitar, não coloque o peso do corpo sobre o lado operado. Fique de barriga para cima e coloque um triângulo de espuma entre as pernas, não fazendo movimentos de fechar ou cruzar as pernas.

Também não se deve girar o corpo para o lado operado para pegar objetos próximos e nem inclinar o tronco para frente.

Ao se levantar, desça pelo lado que foi operado, colocando a perna operada primeiro ao lado da cama e usando o cotovelo e os braços para ajudar a se levantar. Arraste as nádegas para a beirada da cama e mantenha a perna esticada.

Sentar-se

Evite se sentar em cadeiras muito baixas para que seja possível manter a perna operada esticada e o tronco levemente inclinado para trás. O peso do corpo deve incidir sobre a perna não operada e braços. Também não se deve dobrar muito o quadril para sentar.

Para sentar-se no carro, o assento deve estar para trás e reclinado. Sente-se de costas para o assento e recline o corpo, buscando manter a perna operada esticada e girando o tronco ao mesmo tempo em que ajusta as duas pernas no interior do veículo.

Andar

Nas primeiras semanas de recuperação da cirurgia de quadril o paciente pode precisar de muletas ou andador para conseguir se locomover em pé.

A orientação é colocar o aparelho a frente, avançar com a perna operada mantendo o peso do corpo na outra e nos braços para, em seguida, mover a perna não operada.

O ideal é evitar escadas por duas semanas, mas se for necessário, deve-se colocar primeiro a perna operada ao descer. E, ao subir, primeiro a perna não operada.

Fisioterapia

As sessões de fisioterapia devem ter início ainda no hospital e seguir pelas semanas posteriores para uma melhor recuperação da cirurgia de quadril.

Os movimentos, repetições e intensidade serão definidos pelo fisioterapeuta considerando o tipo de prótese de quadril usada e a extensão do procedimento.

É fundamental fazer os exercícios orientados pelo especialista também em casa, conforme recomendação, pois a mobilidade do quadril só será readquirida por meio da fisioterapia.

Banho

Outro desafio na recuperação da cirurgia de quadril é quanto ao banho. No primeiro dia após a cirurgia, esse cuidado será feito deitado. Nas duas primeiras semanas, o paciente poderá tomar banho de duas formas, conforme orientação:

  • Sentado: utilizando uma cadeira higiênica ou banco, deve-se sentar com o tronco inclinado para trás e a perna operada esticada, usando uma escova com cabo longo para se higienizar;
  • Em pé: após liberação médica será possível tomar banho em pé, desde que usado um apoio para os braços e tapete antiderrapante. Para enxugar-se, a recomendação é se sentar.

Portanto, são vários os cuidados no que se refere à mobilidade durante a recuperação da cirurgia de quadril para garantir um pós-operatório mais seguro e com chances reduzidas de complicações e acidentes.

Obtenha mais informações sobre a recuperação de uma cirurgia no quadril entrando em contato conosco.

Fontes

Ministério da Saúde

Dr. Rafael Azzem

Marque agora sua

CONSULTA COM ORTOPEDISTA E TRAUMATOLOGISTA

Ao clicar em enviar os dados, você concorda com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE

>