Fale conosco pelo WhatsApp

Tratamentos para dor lombar: como funcionam?

Tratamento para dor lombar
Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)
Por: Publicado em 22/11/2021

A escolha pelo tratamento ideal depende do diagnóstico acertado sobre as causas que estão levando à dor, que podem variar desde fatores crônicos até eventos isolados, como traumas

A busca por tratamentos para dor lombar é cada vez mais comum, uma vez que sete em cada dez pessoas sentem esse desconforto em algum momento da vida, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Apesar da frequência do problema, ele pode estar relacionado a causas diversas, o que influencia diretamente a escolha dos tratamentos para dor lombar e as chances de sucesso da abordagem. Entenda mais a seguir.

Quais as principais causas da dor lombar?

A dor lombar pode ser causada por uma série de condições de saúde que surgem em diferentes fases da vida. Apesar de ainda ser mais comum na terceira idade, têm sido vistos cada vez mais casos entre jovens.

Conhecer as causas da dor lombar, o que depende da investigação e diagnóstico de um médico ortopedista, é essencial para a definição dos tratamentos para dor lombar. As principais causas incluem:

  • Má postura: muito comum nos casos de dor na lombar entre adolescentes e jovens, consiste na manutenção frequente de uma postura inadequada da coluna, como ficar sentado muitas horas seguidas. A má postura também pode ser associada à tensão muscular e à fraqueza, causando dores;
  • Degeneração: desgaste dos discos intervertebrais, o que resulta em dor lombar crônica e redução da mobilidade da coluna. Está associada ao envelhecimento, mas também pode ter relação com quadros de escoliose e lordose;
  • Tensão muscular: a tensão ou distensão muscular pode ser causada pela má postura, manifestando-se cronicamente, ou de forma aguda, em casos de movimentos bruscos;
  • Hérnia de disco: ocorre quando há um extravasamento do conteúdo interno do disco, causando a compressão do nervo. Esse tipo de dor lombar pode irradiar para perna e virilha;
  • Traumas: são as dores lombares relacionadas a um evento específico, como em um acidente ou queda, podendo lesionar músculos, tendões e ligamentos.

O diagnóstico é fundamental para a definição acertada dos tratamentos para dor lombar. A avaliação do problema envolve análise do histórico médico e dos sintomas. O médico pode, ainda, solicitar exames de imagem para confirmar o diagnóstico.

6 opções de tratamentos para dor lombar

Depois de identificadas as causas, por meio da avaliação conduzida pelo médico ortopedista, será possível definir os tratamentos para dor lombar, que, na maioria das vezes, incluem:

  1. Repouso

O repouso é uma conduta indicada para diferentes causas da dor lombar, incluindo tensão muscular e dor associada à trauma.

No entanto, a indicação é de um repouso parcial em conjunto com alongamentos, leves caminhadas e maior cuidado com a amplitude dos movimentos, evitando torções mais bruscas.

  1. Compressas frias ou quentes

As compressas frias devem ser feitas entre 24 e 48 horas após a lesão ou trauma, promovendo um efeito anestésico na região e contribuindo para o amortecimento e redução do inchaço.

As compressas quentes são indicadas para dores lombares crônicas não associadas a traumas, pois relaxam a musculatura e contribuem para a  cicatrização da região.

  1. Fisioterapia

A fisioterapia é um dos principais tratamentos para dor lombar, uma vez que promove o relaxamento do local dolorido, o fortalecimento da musculatura e a correção da má postura, principalmente com a Reeducação Postural Global (RPG).

Também podem ser associados às sessões de fisioterapia cuidados como massagens relaxantes e sessões de acupuntura, no entanto, essas técnicas devem ser apenas complementares, conforme orientação médica.

  1. Atividade física

A prática esportiva também pode contribuir para a amenização dos desconfortos e colaborar com os tratamentos para dor lombar ao promover o fortalecimento da musculatura. A opção é particularmente indicada para pessoas nas quais as dores se devem à má postura e ao sedentarismo, mas demanda orientação especializada para prevenir lesões.

  1. Medicação

Alguns medicamentos podem contribuir com o tratamento da dor lombar, como relaxantes musculares e anti-inflamatórios, no entanto, é importante que essas opções sejam prescritas pelo médico ortopedista que acompanha o caso.

  1. Cirurgia da coluna lombar

A cirurgia da coluna lombar pode ser necessária para devolver a qualidade de vida e saúde do paciente, especialmente nos casos de hérnia de disco, traumas com comprometimento das estruturas vertebrais, degeneração dos tecidos e hérnia de disco.

Em geral, a cirurgia de coluna deve ser associada a outros tratamentos para dor lombar, como medicação e fisioterapia. Para saber mais sobre este assunto, agende uma consulta.

Fontes:

Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia

Organização Mundial da Saúde

Ministério da Saúde